O Chef

[O Chef][bleft]

Onde Ficar

[Onde Ficar][threecolumns]

Últimas Notícias

[Notícias][bsummary]

Guayas tem Iguarias da terra preparadas com tecnologia suíça

Em Imbassaí é possível ter uma experiência gastronômica com iguarias e temperos locais preparados com tecnologias da precisa culinária suíça.
.                                                                                      Imagens: Gabriella Simões

Reportagem: Miguel Brusell

Imbassaí, em Tupy significa caminho das águas. A Praia Imbassaí, no Litoral Norte, a 65 km de Salvador, tem a geografia desenhada pelas águas do Rio Imbassaí, nas suas últimas reentrâncias e saliências, antes de chegar ao mar. Seu ecossistema é composto de mata atlântica, mangues, cachoeiras, dunas e lagoas, servindo de abrigo para fauna e flora bastante diversificada.

Lá também é possível ter uma experiência gastronômica com iguarias e temperos locais preparados com tecnologias da precisa culinária suíça. Esta experiência é possível no Restaurante Guayas, de propriedade do casal Manoel e Josefá, um cozinheiro suíço que aprendeu o ofício na cidade de Berna, e uma pernambucana que veio para a Bahia com 11 anos.

Os dois se conheceram quando Manuel veio para a Salvador, há 20 anos, para trabalhar em um restaurante de um suíço. Se casaram, moraram na suíça por 17 anos e há pouco mais de quatro anos decidiram morar no Brasil, na Praia de Imbassaí. “O meu País já está tudo feito, então viemos para cá para construir alguma coisa”, explica Manuel.

Depois de um início difícil, o Guayas já conta com uma quantidade de clientes que justifica acreditar no vilarejo de Imbassaí como uma das principais praias do Estado como destino turístico. Tão procurada quanto Arraial da Ajuda, Itacaré, Morro de São Paulo e Praia do Forte.

Instalado em um ambiente com cores fortes, o carro chefe dos pedidos no Guayas são os Filés Cordon Bleu e Wienerschnitze, uma versão suíça do conhecido Parmeggiana. Vale mais a pena iguarias como Aratu, Agulhinha Frita, Pititinga, Casquinha de Siri, Queijo Coalho, Caldo de Frutos do Mar ou a sopa de Tomate com Vodca.

Todos os pratos são feitos com técnicas da culinária da Europa, misturando temperos e ervas daqui e de lá. Como o Creme de Jerimum com queijo Gorgonzola e Castanha de Caju, Caldo de Frutos do Mar com Açafrão Espanhol, entre outros.

Sugestão do Chef

O Comida da Bahia degustou, no Guayas, o Aratu a Provençal que é um catado de Aratu temperado com ervas acompanhado de uma salada com dois tipos de alface e Pão de Alho e a Lagosta Royale, feita com molho de conhaque e acompanhada de vários legumes. A lagosta serve 3 pessoas, mas deve ser pedida com um dia de antecedência.


Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Sua opinião é muito importante para nós.


Degustei

[Degustei][grids]