O Chef

[O Chef][bleft]

Onde Ficar

[Onde Ficar][threecolumns]

Últimas Notícias

[Notícias][bsummary]

Tesouros do Pelourinho

As centenárias ruas do Pelourinho escondem histórias e tesouros. Sem dúvidas, um dos maiores tesouros é a Igreja de São Francisco. Outro tesouro do Centro Histórico, o Restaurante Ramma Pelourinho.
.                                                                           Imagens: Gabriella Simões
Reportagem: Miguel Brusell

As centenárias ruas do Pelourinho escondem histórias e tesouros. Sem dúvidas, um dos maiores tesouros é a Igreja de São Francisco, uma construção da segunda metade do século XVIII, expressão máxima do barroco na América do Sul, especialmente preciosa pela sua exuberante decoração interna. É a Igreja com a maior quantidade de ouro, em sua decoração, de todo o Brasil.

Bem próximo à Igreja, em outra construção cetenária do Largo de São Francisco, está outro tesouro do Centro Histórico, o Restaurante Ramma Pelourinho. Com a atenta administração da proprietária Ângela Rabelo, a proposta do Ramma Pelourinho é servir comida saudável, à quilo, para as pessoas que trabalham no Centro e para os turistas.

Com a fachada com duas torres e o volume central com três naves, a Igreja de São Francisco é incomum entre as edificações franciscanas do Nordeste. O cardápio oferecido pelo Ramma Pelourinho, também, não tem igual na região. Funcionando das 11h30 até às 16 horas, o Restaurante trabalha com 14 tipos de saladas e 14 pratos quentes que são variados em seu cardápio diário, sempre com uma opção de frango e outra de peixe, além das sobremesas.
  .


Com uma leve influência indiana, a culinária oferecida no Ramma Pelourinho é a bese de quiche, massas, grãos como o feijão verde, muitos legumes e temperos como leite de coco, curry. Outra atração do Ramma Pelourinho é a adaptação à cultura gastronômica da cidade. Na sexta é oferecido comida baiana ligth, feita de uma maneira mais saudável.


Entre as jóias do cardápio da sexta estão o Xim Xim de galinha, o Carurú, o Vatapá feito à base de abóbora e o Abará feito com feijão verde. Outra preocupação do Ramma Pelourinho é no uso de produtos orgânicos, sempre dando prioridade aos fornecedores mais próximos do estabelecimento, que preservam a natureza e não trabalham com agrotóxicos.
.
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Sua opinião é muito importante para nós.


Degustei

[Degustei][grids]